Pular para o conteúdo principal
logotipo TMA Brasil
logotipo TMA Brasil
lupa

Latam acelera renovação de frota e amplia em 28 aviões sua encomenda com Airbus

capa

As 28 aeronaves serão somadas aos 42 aviões de fuselagem estreita já acertados com a fabricante, como parte do plano de modernização e eficiência da frota da aérea
Por Cristian Favaro
O grupo chileno Latam anunciou, na noite desta quinta-feira (5), que pretende adicionar 28 aeronaves da família A320neo ao seu plano de compra junto à Airbus.
Segundo a empresa, que está em recuperação judicial, o acordo fechado com a Airbus para as aquisições adicionais foi submetido à aprovação do Tribunal nos Estados Unidos – onde tramita a RJ da empresa.
As 28 aeronaves serão somadas aos 42 aviões de fuselagem estreita já acertados com a fabricante, como parte do plano de modernização e eficiência da frota da Latam para os próximos anos. No total, são 70 aeronaves encomendadas.
A família A320neo tem motores mais eficientes e melhorias aerodinâmicas que proporcionam 20% de mais eficiência no consumo de combustível e, com isso, menor emissão de CO2.
“A compra dessas aeronaves altamente eficientes é um sinal do compromisso que assumimos com a transformação para uma Latam neutra em carbono até 2050”, disse Roberto Alvo, presidente do Latam Airlines Group, em nota.
O executivo destacou que a empresa continuará trabalhando para sair do Capítulo 11 (lei de recuperação judicial nos Estados Unidos) com uma frota que acompanhe os novos desafios do grupo.
Com a pandemia deixando em xeque todo o setor aéreo, as companhias aproveitaram para fechar contratos com fabricantes de aeronaves e, assim, fortalecer toda a indústria.
A baixa demanda aérea também ajudou empresas como Latam, Azul e Gol e renegociarem contratos e pagamentos com arrendadores de aeronaves – passo fundamental para que elas conseguissem chegar até aqui na crise da covid-19, que derrubou mais de 90% da demanda nos períodos mais críticos da pandemia no Brasil.
Nesta semana, a Gol anunciou que fechou um acordo para adquirir também 28 aeronaves adicionais do Boeing 737 Max-8. Com a adição, a empresa tem, agora, um total de 104 pedidos firmes para a aquisição de aeronaves 737 Max junto à fabricante americana.
Já a Azul tem avançado no seu plano de substituir a frota da família Embraer E1 pelo modelo mais novo, o E2. O processo de transformação começou em 2019.

06/08/2021
 

Autor(a)
Cristian Favaro