Pular para o conteúdo principal
logotipo TMA Brasil
logotipo TMA Brasil
lupa

Setor Financeiro: entenda o que é e como funciona a sua rotina numa empresa

Empresário planeja crescimento dos negócios e financeiros, aumento de indicadores positivos no ano de 2022 para aumentar o crescimento dos negócios

Descobrir de fato o que é o setor financeiro de uma empresa, que é fundamental para aqueles que desejam alcançar o sucesso em um negócio. 

Por isso, se você tem interesse em descobrir mais sobre esse departamento, continue nessa leitura…

 

O que vem a ser um setor financeiro?

O departamento financeiro é sem dúvidas, fundamental para uma empresa. Afinal, ele é o setor responsável por gerir os da organização.

Desse modo, atua no controle das finanças, se atentando aos riscos, planejamento e resultados.

Sua principal função é garantir que a empresa tenha receita para atingir seus objetivos e consequentemente, se mantenha relevante no mercado.

Por essa razão, é crucial que o setor financeiro se mantenha saudável, a fim de fazer com que a empresa prospere e não tenha prejuízos.

De modo resumido, podemos dizer que o setor financeiro é o responsável pela gestão dos recursos da instituição e por isso, se relaciona diretamente com as demais áreas da empresa, tais como administração, recursos humanos, marketing e vendas.

 

Quais são os pilares de um setor financeiro?

O setor financeiro de qualquer empresa é dirigido por 5 pilares. 

Sem eles, é quase impossível conseguir manter a organização e fazer com que a gestão desse setor seja utilizada de forma estratégica para o sucesso de um negócio.

São esses os 5 pilares:

  • Responsabilidade financeira
  • Controle financeiro
  • Análise financeira
  • Planejamento financeiro 
  • Estabilidade financeira

 

Responsabilidade financeira

Na responsabilidade financeira é preciso que o responsável por cuidar dessa área possua pelo conhecimento de suas funções.

É importante que se saiba que lucro e faturamento são coisas distintas. Além disso, é preciso tomar cuidado, pois, infelizmente, é muito comum que os sócios misturem suas despesas pessoais com as da empresa. 

Atitudes como essa podem colocar tudo a perder. 

Por essa razão é essencial entender que despesas com funcionários, fornecedores e etc. precisam ser muito bem organizadas, a fim de não causar transtornos que poderiam ser evitados, caso houvesse maior cuidado e organização no setor.
 

Controle financeiro

Um novo ranking global, que mede o nível de educação financeira de 144 países, revelou que o Brasil está na 74ª posição nessa área, o que consequentemente, acaba refletindo em muitas empresas, visto que grande parte dos empresários não sabem exatamente como acompanhar as suas finanças de modo que gere bons resultados para o negócio.

O descontrole financeiro pode prejudicar toda uma instituição. Sendo assim, é fundamental que a empresa tenha controle financeiro.

Manter um sistema de controle financeiro é uma excelente forma de gerar análise, planejamento e finalmente, a estabilidade financeira.

 

Análise financeira

Os números falam! É isso mesmo que você acabou de ler!

A análise financeira é utilizada para compreender o que os números, aqueles coletados no pilar 2 que mencionamos anteriormente, com o controle financeiro, estão nos mostrando.

Por isso, aprender a interpretar os números e consequentemente, planejar o uso do dinheiro é uma etapa que não pode ser ignorada.

 

Planejamento financeiro 

Como tudo nessa vida, o planejamento é uma etapa significativa para quem deseja alcançar resultados certeiros.

O planejamento financeiro é o conjunto de operações que são executadas em busca de atingir um determinado objetivo. 

As duas principais ferramentas para o planejamento financeiro são: o fluxo de caixa projetado e o orçamento empresarial.

É através destas informações que você ou seu gestor financeiro, fará o planejamento financeiro da empresa.

 

Estabilidade financeira

A estabilidade financeira é o que toda empresa deseja.

Ela é o resultado de todo esforço feito por seus gestores em gerir corretamente as finanças do negócio. A estabilidade financeira é a consequência de um trabalho bem desenvolvido.

Uma empresa estável financeiramente, é uma organização que consegue manter o caixa equilibrado e ainda assim, formar reservas para emergências e investimentos.

Algo que deve ser almejado dentro do setor financeiro.

 

Como podemos estruturar um setor financeiro?

Existem algumas práticas que tem o poder de auxiliar na hora de colocar as finanças de uma empresa em ordem, confira 4 delas:

 

1.Tenha disciplina

A disciplina é um hábito que precisa ser cultivado. Por isso, acompanhe bem de perto alguns indicadores de desempenho, tais como faturamento, custos fixos, custo total, lucro nominal, margem de lucro e nível de endividamento, por exemplo. 

Se dedique nisso e veja a mudança começar a acontecer.

 

2. Separe as contas pessoais das empresariais

Se você é empresário, precisa ter isso em mente.

Rigorosamente, separe os recursos oriundos e destinados à empresa do dinheiro que é reservado à vida pessoal. 

 

3. Fique por dentro dos prazos

Fique ciente de quais são as restrições de prazo, as datas de recebimento e vencimento das contas, isso é essencial, pois te ajudará a evitar atrasos nas quitações e o pagamento de juros de mora.

 

4. Defina um orçamento anual

Investir pode ser uma oportunidade de fazer crescer ainda mais o seu negócio . Contudo, é preciso tomar cuidado…

Tudo precisa ser muito bem controlado e calculado para que não gere uma instabilidade no negócio.

 

Como funciona, na prática, a rotina do setor financeiro?

O setor financeiro é responsável por tratar de todos os assuntos relacionados a finanças da empresa, visando a realização dos objetivos da mesma. 

Isso contribui para a tomada de decisões, como corte de custos ou investimentos.

Dentro do departamento financeiro existem algumas funções, sendo elas: tesouraria, controle das contas a pagar e a receber, contabilidade, planejamento, gestão dos impostos, controle de riscos e divulgação de informações para os investidores. 

 

Quais atividades são pertinentes ao setor financeiro

 

Tesouraria

É responsável pelo fluxo de caixa da empresa. Isso significa que essa é a área  que faz o controle diário das entradas e saídas de dinheiro. 

Como parte do movimento de caixa é feita eletronicamente, a tesouraria também cuida das contas bancárias da empresa.

 

Controle das contas a pagar e a receber

Essa área controla o vencimento dos compromissos da empresa, como contas de consumo e pagamento de fornecedores, por exemplo, a fim de evitar atrasos e multas.

Além disso, é incumbida também pelo controle dos recebimentos. 

Isto inclui verificar se os clientes estão em dia com suas obrigações, e, quando necessário, realizar cobranças.

 

Contabilidade

A contabilidade é a área que faz o controle do patrimônio da empresa e de suas variações.

O patrimônio de uma empresa consiste em seu ativo (bens e direitos que ela possui) e passivos (suas obrigações).

 

Planejamento financeiro

Como já mencionado, o planejamento financeiro da empresa garante  um orçamento saudável e identifica quando é hora de investir ou de reduzir custos.

O planejamento visa traçar metas para o futuro da empresa, projetar quanto será necessário investir para alcançá-las e ajudar a identificar de onde podem sair os recursos para tal ação.

 

Gestão de riscos

A gestão de riscos é necessária para tomar as medidas adequadas em tempo hábil para evitar problemas ou reduzir o impacto com relação aos riscos de mercado e câmbio.

 

Gestão de impostos

Essa área não é apenas considerada como “pagadora de impostos”, mas também possui a atribuição de identificar o regime tributário mais favorável, a fim de evitar que a empresa gaste mais do que poderia com tributos.

 

Relação com investidores

O departamento de relações com investidores (RI) é um órgão presente em todas as empresas que possuem ações negociadas em bolsa de valores.

Seu objetivo é auxiliar os investidores na coleta das informações essenciais para a tomada de decisão de um investimento.

 

Conclusão: Qual é a importância de um setor financeiro para uma empresa?

O setor financeiro vai muito além de saber quanto uma empresa gerou de lucro, ele tem o poder de fazer com que uma empresa cresça significativamente ou desmorone, caso não tenha uma gestão equilibrada.

É comum que muitas empresas tenham um ótimo começo, mas posteriormente, acabam falindo por uma má administração financeira.

A verdade é que para manter seu negócio em constante crescimento, é necessário avaliar constantemente sua situação financeira e buscar formas de melhorá-la cada vez mais, evitando riscos e visando um planejamento eficiente. 

Vale ressaltar que o setor financeiro não serve apenas para grandes empresas, mas até mesmo para negócios de pequeno porte.

 

Autor(a)
TMA

Tags

# (1)
#CPR (1)
Case (2)
crise (2)
CVC (1)
MEI (1)
Outros (27)
Paper (2)
STJ (2)
TMA (1)