Pular para o conteúdo principal
logotipo TMA Brasil
logotipo TMA Brasil
lupa

Conheça as etapas que envolvem o turnaround management

turnaround management

Com certeza você já viu casos de empresas que passaram ou estejam passando por dificuldades financeiras, ou operacionais. Por mais que tudo pareça perdido, há uma boa solução para tudo: o turnaround management.

Mas, afinal, o que é isso?

Continue lendo nosso artigo e descubra o que é e quais as etapas que envolvem o turnaround management.

 

O que é turnaround management?

A expressão em inglês, turnaround management, tornou-se muito conhecida no mundo dos negócios para designar a recuperação de empresas.

No contexto corporativo, em seu sentido literal, turnaround significa “reviravolta”, “dar a volta”, “virada”. Já management, pode significar “gestão”, “administração” ou “gerenciamento”.

Logo, temos que turnaround management é um processo de renovação corporativa, ou seja, é a implementação de um conjunto de ações que visam a transformação de uma empresa que se encontra deficitária em uma empresa geradora de lucros. 

Dessa forma, é possível "salvar" o negócio.

 

Causas mais comuns que culminam no fracasso de uma empresa

É fundamental que a empresa, antes de tomar qualquer atitude que leve a sua recuperação, analise e compreenda os diversos motivos que geraram o seu fracasso. 

Na grande maioria das vezes elas se preocupam mais com sinais desse fracasso do que com as reais razões dele. 

Há dois tipos de causas que podem culminar no fracasso de uma empresa. São elas:

 

Causas internas

São as falhas que acontecem nas empresas, como, por exemplo, a baixa produtividade, falta de participação dos colaboradores, ferramentas erradas, falhas de gestão, de decisões financeiras, demonstrar resistência a novas tendências, entre outros.

 

Causas externas

São ocorrências externas à empresa que acabam influenciando significativamente em seu caminho, como, por exemplo, o surgimento de concorrentes agressivos, o aumento  dos preços de insumos, mudanças na demanda do mercado, condições econômicas, etc.

 

As 3 etapas do processo de turnaround management

 

Transformação

Nesta primeira etapa, são promovidas mudanças organizacionais e culturais, a fim de consolidar ações como:

- Reavaliação e definição de estratégias;

- Reavaliação dos conceitos de missão, visão e valores;

- Implementação de uma mudança de rota, caso seja necessário;

- Reavaliação do portfólio;

- Reavaliação da política comercial;

- Reavaliação das políticas de cargos, salários e incentivos;

- Criar de ações que visam a melhoria do clima organizacional e a retenção de talentos;

- Estabelecimento de canais de comunicação internos e externos.

 

Otimização

Tendo em vista os resultados obtidos na etapa de transformação, aqui, na otimização, focaremos no aumento da eficiência. 

A eficiência de uma empresa é medida pelo seu faturamento dividido pelo seu custo da empresa. Chegamos, então, a dois caminhos para aumentar a eficiência da organização:

- Aumentar o faturamento;

- Reduzirmos custos.

 

Expansão

Na terceira e última etapa do turnaround management, o foco é o o crescimento da empresa buscando o melhor para o negócio. Existem duas maneiras diferentes de fazê-la:

- Expansão Orgânica, com a utilização do capital próprio, financiamentos bancários, investidores anjo ou por fundos privados.

- Expansão por Aquisição, é realizada através da aquisição de empresas que complementam o portfólio ou que concorram no mesmo segmento, possibilitando a consolidação de operações e obtendo ganho de escala.

Superar crises é o principal foco do turnaround management e aliando-o a um bom plano de ação, é possível não apenas recuperar a empresa e gerar ganho de credibilidade para ela, mas também propiciar seu crescimento, tornando-a apta para enfrentar possíveis instabilidades futuras.