Pular para o conteúdo principal
logotipo TMA Brasil
logotipo TMA Brasil
lupa

Lucro da Oi encolhe 98,1% no trimestre e fica em R$ 568 milhões

Capa

SÃO PAULO  -  A operadora de telecomunicações Oi registrou lucro líquido atribuível aos acionistas controladores de R$ 568 milhões no primeiro trimestre de 2019. O valor representa uma queda de 98,1% sobre o resultado do primeiro trimestre de 2018, quando a base de comparação estava elevada, um lucro de R$ 30,5 bilhões, reflexo da reestruturação de sua dívida aprovada no plano de recuperação judicial, quando houve conversão de títulos dos credores em ações da empresa, elevando o patrimônio líquido.

Na demonstração de resultados, a companhia informou ter adotado o padrão contábil IFRS 16, pelo qual a receita líquida no primeiro trimestre de 2019 somou R$ 5,13 bilhões, uma queda de 9,5% ante a receita de R$ 5,66 bilhões de um ano antes.

O custo de vendas da companhia recuou 38,5% no primeiro trimestre deste ano, para R$ 2,51 bilhões, em comparação com R$ 4,09 bilhões um ano antes.

A empresa registrou lucro operacional de R$ 925 milhões no primeiro trimestre de 2019, mais o que o triplo dos R$ 303 milhões do mesmo período do ano passado.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Oi cresceu 66,3% no primeiro trimestre de 2019, para R$ 2,61 bilhões, ante R$ 1,57 bilhão um ano antes.

 

14/05/2019