Pular para o conteúdo principal
logotipo TMA Brasil
logotipo TMA Brasil
lupa

Acionistas tentam acelerar troca de comando da Oi

oi

Três dos maiores acionistas da Oi se mobilizam para tentar acelerar a homologação pela Justiça do plano de transição desenhado para viabilizar a troca de comando na operadora. Advogados das gestoras GoldenTree Asset Management, Solus Alternative Asset Management e York Global Finance Fund estiveram ontem reunidos com o juiz Fernando Viana, da 7ª Vara Empresarial do Rio, onde tramita o processo de recuperação judicial da Oi.

O assunto da conversa foi o termo de transição encaminhado à Justiça no início de junho. O documento trata da criação de um novo cargo de COO (diretor de operações) com amplos poderes de gestão. Na prática, o executivo que assumir a posição substituirá Eurico Teles na presidência da companhia.

De acordo com uma fonte envolvida nas conversações, representantes do York também visitaram a Oi ontem para discutir a situação atual da companhia, que acumula forte desvalorização de seus papéis desde o início do ano. Em carta tornada pública esta semana, a GoldenTree defende a troca imediata de comando da Oi. A York pediu ajuda da diretoria da Oi na homologação do termo de transição, esclareceu a fonte.

Segundo apurou o Valor, quatro membros do conselho de administração da companhia - Rodrigo Abreu, Maria Helena dos Santos Fernandes de Santana, Marcos Bastos Rocha e Wallim Cruz de Vasconcellos Júnior - também se reuniram ontem com Fernando Viana para conversar sobre o termo de transição.

A transição no comando da companhia ainda aguarda manifestação do Ministério Público estadual, disse uma fonte ao Valor. O aval do juiz da 7ª Vara ao termo de transição deverá ocorrer "em breve", informou a fonte que acompanha de perto o processo, frisando que a data depende do magistrado.

22/08/2019

 

Autor(a)
Por Rodrigo Carro