Dona das drogarias Farmais ajuíza pedido de recuperação judicial

Grupo foi criado para consolidar compras de redes de drogarias regionais, mas teve problemas de integração e passou por disputas entre acionistas

São Paulo – A Brasil Pharma, uma das maiores empresas de varejo farmacêutico do país, ajuizou pedido de recuperação judicial depois de não conseguir resolver seus problemas financeiros extrajudicialmente, informou o grupo em fato relevante nesta quarta-feira.

O grupo, que detém as redes Drogaria Rosário, Big Ben, Farmais e Farmácia Sant’ana, foi criado como um veículo para consolidar compras de redes de drogarias regionais, mas teve problemas de integração e passou por disputas entre acionistas, além de ter dívida elevada. O grupo é atualmente controlado pelo Stigma II da norte-americana Lyon Capital.

“Durante a recuperação judicial o grupo Brasil Pharma, a companhia, suas subsidiárias, controladas e demais empresas do grupo concentrarão seus máximos e melhores esforços para preservar suas atividades comerciais e operacionais e assim cumprir com seus compromissos e obrigações”, disse a empresa em fato relevante. O pedido de recuperação foi apresentado em comarca da capital paulista.

A empresa informou ainda que “até o presente momento” permanecem inalteradas as informações relacionadas à oferta pública de aquisição das ações (OPA) para a saída da empresa do segmento de especial de listagem no Novo Mercado.

A companhia decidiu deixar o segmento especial em novembro, alegando não ter conseguido cumprir patamar mínimo de ações em circulação no mercado.

10/01/20018

Autor: 
A Redação